Rodar o mundo: modelo conta experiência em livro

Turismo
Turismo - Preciso rodar o mundo

Turismo

Livro – Preciso rodar o mundo

Nesta sexta, dia 12, a modelo internacional Michelli Provensi estará em São José do Rio Preto para lançar o livro “Preciso rodar o mundo”, que revela o backstage da moda. O livro foi lançado em 2013 no São Paulo Fashion Week. No livro ela mostra como uma “pessoa normal” pode alcançar as passarelas e estúdios de todo o mundo e realizar a tão sonhada carreira internacional. O Hi-Mundim aproveitou para conversar com Michelli sobre turismo, já que ela já visitou 37 países!! Em Rio Preto, o lançamento do livro acontece no Riopreto Shopping, das 18h às 19h, na Praça 1 de Eventos.

Michelli iniciou a carreira em 2001, aos 16 anos. Natural de Maravilha, cidade no interior de Santa Catarina, participou de um concurso de modelo por acaso, ficou em segundo lugar e foi notada por uma agência de São Paulo. Aos 16 anos saiu de casa para começar sua carreira, e aos 17 já estava viajando para o outro lado do mundo e deixou sua marca no mercado japonês.

Depois vieram Paris, Nova York, Milão, Cingapura, Barcelona e Hamburgo, dividindo casa e vida com outras 127 modelos ao longo de sua carreira. Hoje, além de escritora, faz trabalhos como cantora – confira o vídeo.

Bate-papo com Michelli Provensi

Turismo

Michelli Provensi – Preciso rodar o mundo

Hi-MundimFoi difícil no começo? Tinha medo das viagens, de ficar longe da família?
Michelli – Nunca tive medo, tinha é muita curiosidade de conhecer o mundo. A família sempre me deu apoio.

Hi-Mundim – Qual foi o primeiro país a visitar?
Michelli – Japão.

Hi-Mundim – Quantos países já visitou?
Michelli – Visitei 37 países, sendo 12 deles a trabalho.

Hi-Mundim – Qual deles mais gostou?
Michelli – França.

Hi-Mundim – E o mais exótico?
Michelli – Cabo Verde.

Hi-Mundim – Para onde nunca voltaria?
Michelli – Bolívia.

Hi-Mundim – Quais foram as melhores coisas que a profissão de modelo te proporcionou?
Michelli – Com certeza ter a oportunidade de viajar pelo mundo.

Hi-Mundim – Você costuma experimentar pratos típicos nos países que visita?
Michelli – Sim, sempre. Comi até escorpião na China!

Hi-Mundim – Qual foi a comida que mais de marcou?
Michelli – Foi o soba, no Japão. (o parto leva macarrão, costelinha de porco, kamaboko, tikuwa, entre outros ingredientes)

Hi-Mundim – Quando está de folga, para onde gosta de viajar?
Michelli – Qualquer lugar com montanha.

Hi-Mundim – Nos fale um pouco sobre o seu livro, por que decidiu escrevê-lo?
Michelli – Porque sempre senti que precisava rodar o mundo e depois quis dividir esta minha experiência.

Turismo

Michelli Provensi na Islândia

 

Serviço

O que: Noite de autógrafos do livro “Preciso rodar o mundo”, da top internacional Michelli Provensi
Quando: sexta-feira, dia 12 de setembro, das 18h às 19h
Onde: na Praça 1 de Eventos (em frente a Saraiva), no Riopreto Shopping Center