Técnica elimina o pneu estepe


hi-mundim-run-flatDesde o início da sua produção em 1987, os pneus fabricados com a tecnologia Run Flat revolucionaram o mercado automotivo. Esse produto elimina a necessidade do estepe e, dessa forma, reduz o peso do veículo, poupando combustível e diminuindo o consumo de borracha, ajudando a preservar o meio ambiente.

Um exemplo são os pneus Run Flat da Bridgestone, produzidos com um composto especial de borracha que reforça as paredes do pneu e, dessa forma, apoiam o veículo em caso de perda de pressão de ar. Sua estrutura reforçada é capaz de suportar o peso do veículo e todas as torções geradas pela dinâmica da roda. Com esta tecnologia, mesmo com o pneu furado, é possível que um veículo rode por mais 80 quilômetros a uma velocidade de 80 km/hora, sem necessidade de troca do pneu e sem o risco de avarias à roda ou à suspensão.

Para desenvolver a tecnologia Run Flat Tire (RFT) foram feitas inúmeras pesquisas nos laboratórios e pistas de teste da Bridgestone, no Japão. A companhia focou na rigidez e resistência ao calor do pneu, possibilitando a sustentação do peso do veículo rodando com ele totalmente vazio. Isto foi conseguido com a utilização de uma parede construída com um composto de borracha reforçado, além de um talão mais largo que garantiram um ajustamento seguro do pneu ao aro da roda, mesmo com a pressão zerada.

Outro dado importante é que o talão não sofreu nenhum tipo de alteração que impediu seu ajuste a qualquer tipo de aro. “Com esses testes no pneu percebemos que o uso do pneu Run Flat é possível em todos os tipos de roda, o que é um diferencial dos nossos pneus, visto que o sistema desenvolvido por alguns concorrentes necessitam de rodas especiais”, ressalta José Carlos Quadrelli, Gerente Geral Engenharia de Vendas da Bridgestone Brasil.

“A única exigência da companhia é que todos os veículos sejam equipados com sensores e equipamentos de monitoramento de pressão para que o motorista saiba quando o pneu estiver furado ou com baixa pressão, já que com essa tecnologia, isso se torna imperceptível”, completa.

Benefícios para o consumidor

Para os motoristas a segurança é o principal benefício, pois permite que ele continue conduzindo o veículo mesmo que sofra perda de pressão, evitando o risco de ter de parar na estrada para realizar a troca. A eliminação do estepe é outro benefício tanto para o consumidor quanto para as montadoras, já que as fabricantes podem oferecer ao usuário final veículos com mais espaço útil. A linha de produtos Run Flat da Bridgestone incluem os pneus Potenza RE050A, Potenza RE050 e o Turanza ER300*.

Legislação brasileira

A resolução nº 14 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), de fevereiro de 1998, estabelece os equipamentos obrigatórios para a frota de veículos em circulação e obriga o uso do estepe, bem como do macaco e chave de roda. Entretanto, o uso dos pneus Run Flat também é respaldado pela mesma resolução. A alínea “a” do inciso V, artigo 2º da resolução, esclarece que podem circular sem a roda reserva os modelos equipados com pneus capazes de rodar vazios ou com dispositivos automáticos de enchimento emergencial.