Rumo ao topo de Wayna Picchu, no Peru


Após 2.693 metros de subida chegamos ao topo de Wayna Picchu, montanha que fica dentro do sítio arqueológico de Machu Picchu, no Peru.

Por dia, a montanha recebe 400 visitantes. Nunca passa disso. A intenção é aliar exploração turística e preservação do lugar.

Para a escalada é preciso ter algum preparo para aguentar a subida e os trechos mais íngremes sem exaustão.

Quando você compra o seu ingresso para entrar em Machu Picchu, o acesso a Huayna Picchu não está incluído.

Dentro do parque há uma guarita no início da trilha que leva até a montanha. Ali você apresenta o ingresso e assina um documento que alerta sobre os riscos.

Os ingressos custam entre 57 e 86 dólares.

Percurso até Wayna Picchu

Com a visita a Wayna Picchu limitada, já que 200 pessoas podem entrar das 7h às 8h e as outras 200 ficam para o turno das 10h às 11h, é preciso escolher o grupo e chegar no horário. Caso contrário, eles fecham a trilha e não te deixam passar.

O percurso dura em média 2 horas e apesar de cansativo, leva a um lugar que faz o esforço valer a pena.

O visual é de tirar o fôlego.

No topo de Wayna Picchu

Lá do alto de Wayna Picchu, as ruínas de Machu Picchu parecem caber na palma da mão.

Dicas

A melhor época para visitar Machu Picchu e escalar Wayna Picchu é entre maio e setembro, durante as estações mais frias e secas.

No sítio arqueológico não há o que comer e o restaurante mais próximo e único das redondezas, do lado de fora do parque, cobra preços exorbitantes.

Então a dica é levar alguma coisa para comer e para beber. Sem esquecer de não deixar lixo para trás.

Informações sobre ingressos, clique aqui

Mais sobre Wayna Picchu

O pico de Huayna Picchu esta por volta de 2.720 metros acima do nível do mar.

De acordo com guias locais, no topo da montanha era a residência do sumo sacerdote.

Todas as manhãs, antes do nascer do sol, o sumo sacerdote, com um pequeno grupo ia a pé a Machu Picchu para assinalar a chegada do novo dia.

O Templo da Lua, um dos três templos principais na área de Machu Picchu, situado no lado da montanha, a uma altitude inferior a Machu Picchu.

Adjacente ao Templo da Lua é a grande caverna, outro templo sagrado com alvenaria.