Parque em Olímpia é o 4º mais visitado no mundo

Olímpia
Olímpia

Thermas dos Laranjais, em Olímpia

Thermas dos Laranjais, em Olímpia

Olímpia caiu no gosto do brasileiro. O Parque Aquático Thermas dos Laranjais é o primeiro em visitação no Brasil e o quarto no mundo! Os dados foram divulgados no Theme Index, Relatório de Visitação Mundial dos Parques de Diversões, Temáticos e Aquáticos, lançado todos os anos. Na América Latina, que engloba 20 países, o Thermas é o primeiro colocado no segmento de parques aquáticos.

A Estância Turística de Olímpia, localizada na região do Aquífero Guarani, no noroeste de São Paulo, fica a 430 km da capital São Paulo e a 50 quilômetros de São José do Rio Preto. Tem população estimada em 52.650 habitantes.

Em relação ao ano passado, segundo o Relatório, o parque em Olímpia obteve um crescimento de 17% em visitação, com um total de 1,939 milhão de visitantes em 2014.  O Thermas dos Laranjais é o quarto parque aquático mais visitado do mundo e o primeiro no Brasil e na América Latina. Ficou à frente de famosos parques da Disney em Orlando como o Typhoon Lagon e o Blizzard Beach. Além de superar alguns grandes parques aquáticos da China, Coreia e da Europa, que recebem milhões de visitantes todos anos.

Top 

O Brasil está em primeiro na América Latina. São 5 parques no ranking de dez parques aquáticos, que começa com o Thermas dos Laranjais com 1.939.000 milhões. Em segundo lugar, o Hot Park, com 1.288.000 milhões; em quarto, o Beach Park com 949.000 visitantes e em sexto lugar, o Wet’n Wild São Paulo. Este foi o parque aquático que mais cresceu na América Latina, com 496.000 visitantes, quase batendo os 500.000 apenas no ano passado.

Olímpia

Parques aquáticos na América Latina

Crescimento no setor

O relatório é divulgado todo ano, sempre no início do mês de junho. Ele mostra que 2014 foi marcado por um crescimento mundial de 4% na visitação dos parques ao redor do globo. A Europa contribuiu com 3% de crescimento, os Estados Unidos continuou com a sua taxa estável, pouco acima dos 2%. Já a Ásia, principalmente impulsionada pela China, contribuiu com uma taxa de 5% no ano de 2014.

O setor de parques aquáticos registrou um crescimento de 3%. Já os Estados Unidos e Europa tiveram uma participação fraca, sem crescimentos, a Ásia nesse gênero obteve 1% de melhoria.

Fonte: Hapfun e Olímpia