Exposição faz homenagem a canções de Raul Seixas


Depois de Gilberto Gil, Zé Ramalho, Rita Lee, Tim Maia, Elis Regina, Martinho da Vila e Clara Nunes, chegou a vez de Raul Seixas ser homenageado pelo projeto ‘Desenhando com os gênios da MPB’.

A exposição será aberta dia 19 de abril e segue até o dia 29 de abril, no Riopreto Shopping. A entrada é gratuita.

Para expressar em pintura as famosas canções de Raul, o projeto convidou Rodrigo Silva, artista plástico primitivista, e Lézio Júnior, cartunista e artista plástico.

Composta por 20 trabalhos, entre desenhos e telas, a exposição será aberta dia 19 de abril, às 19h30, com apresentação musical de Bob Borges e Otavio Pudim, interpretando os grandes sucessos do cantor.

Rodrigo Silva e Lézio Jr. (Fotos: Ricardo Boni)

Raul Seixas, o “maluco beleza”

Raul Seixas é apontado como o pai do rock brasileiro e popularmente chamado de “maluco beleza”.

Mesmo após sua morte em 21 de agosto de 1989, Raul ainda permaneceu nas paradas de sucesso por um tempo, e ainda hoje tem um público fiel, consumidor da sua obra.

Colecionador de sucessos, suas músicas mais conhecidas são: Tente outra vez; Medo da chuva; Metamorfose ambulante; Meu amigo Pedro; Gita; Cowboy fora da lei; Outro de tolo; O dia em que a terra parou; Sociedade alternativa; Mosca na sopa; Eu nascei há 10 mil anos atrás; Al Capone; Carimbador maluco; Como vovó dizia; Aluga-se; Eu também vou reclamar; e O trem das 7.

Tela de Rodrigo Silva

 

O projeto “Desenhando com os gênios da MPB” teve início em agosto de 2017, com a proposta dos artistas plásticos convidados a se inspirarem em músicas dos gênios homenageados.

Em agosto, para abrir o projeto, o homenageado foi o músico Gilberto Gil, que teve suas músicas representadas pelos artistas Eduardo Bittencourt e Marcelo Lopes.

Em outubro, foi a vez de Zé Ramalho, com os artistas plásticos Edna Stradioto e Rafael Cubone.

Em dezembro, as músicas de Rita Lee ganharam as telas pelas artistas Germana Zanetti e Jane Ferrari.

Em janeiro, Tim Maia por Wild Wilde. Em fevereiro, homenagem a Martinho da Vila e Clara Nunes, com ilustrações de Wesley Estácio e Hélio Kaname.

E em março, homenagem a Elis Regina, com telas de Eliara Bevilacqua.