Dearborn: conheça os museus dedicados à Henry Ford


Em Dearborn, cidade de 100 mil habitantes do estado de Michigan (EUA), visitamos duas atrações históricas, frutos da inspiração do filho mais ilustre daquela terra, Henry Ford.

Dearborn está a cerca de 15 quilômetros de Detroit, conhecida por abrigar gigantes da indústria automotiva mundial. Na cidade de Dearborn fica a indústria da Ford. Detroit é a 18ª cidade mais populosa dos Estados Unidos. É a cidade de Henry Ford, que em 1903 fundou a Ford Motor Company.

Ele revolucionou a indústria e foi o primeiro empresário a aplicar a montagem em série de forma a produzir em massa automóveis em menos tempo e por um custo menor. Henry Ford também é conhecido por criar muitas inovações técnicas e de negócios. Ele registrou mais de 150 patentes. E um de seus melhores amigos foi Thomas Edison.

O nosso passeio em Detroit começa pelo Museu Henry Ford, aberto em 1929, pelo próprio Ford, em parceria com seu amigo Thomas Edison. Aberto como uma escola, o lugar abriga centenas de inovações tecnológicas e objetos curiosos, que fizeram parte da história.

Por ano, o local recebe cerca de 1,6 milhões de visitantes. É como fazer uma viagem no tempo. No museu é possível conhecer a história dos primeiros 40 anos de aviação, percorrer uma coleção de automóveis clássicos e limousines presidenciais, incluindo a que John F. Kennedy foi assassinado, o ônibus em que Rosa Parks se recusou a ceder seu lugar para um homem branco, iniciando a luta pelos direitos civis; a cadeira em que Abraham Lincoln estava sentado na noite em que foi baleado, em 1865, bicicletas dos irmãos Orville e Wilbur Wright, uma coleção de vários violinos do século 17 e 18, incluindo um Stradivarius, uma unidade do Apple-1, um dos primeiros 50 computadores originalmente produzidos manualmente pela Apple em 1976, e muito mais…

Do Museu partimos para The Henry Ford State, também conhecida como Fair Lane, a casa de Henry Ford e Clara, entre 1915 e 1950. Localizada em Dearborn, no Michigan, foi um lugar onde muitas ideias surgiram.

A casa foi transformada em memorial e faz parte do campus da Universidade de Michigan.
Com 3 mil metros quadrados, a mansão possui 56 cômodos, levou dois anos para ser construída e custou cerca de 1,8 milhão de dólares.

Um dos destaques na residência, que demonstra como Ford era visionário, é a casa de força. Este prédio, construído com a ajuda do amigo Thomas Edison, abriga uma coleção de carros e um escritório secreto, que é fechado ao público. No local, Ford criou o motor X, invenção que deu origem ao famoso V8 da Ford Motors.

Ao lado de Edison, Ford criou um sistema movido a geradores hidroelétricos que abastecia a casa e parte das residências da região. Um túnel de 300 metros conectava a mansão ao sistema, garantindo água quente e energia à família.

Visitar Detroit é fazer uma viagem pela história da indústria automotiva…