Cervejaria Petrópolis faz Beer Tour em Boituva

Marcelo Ferri brinda com cerveja maturada a visita à fábrica do Grupo Petrópolis em Boituva-SP

A convite da Cervejaria Petrópolis, Hi-Mundim foi conhecer uma das fábricas do grupo, em Boituva – SP.

A visita integrou roteiro do Beer Tour, série de atividades que, entre os dias 7 e 9 de setembro, reuniu jornalistas e comunicadores de algumas partes do Brasil.

A programação contou também com duas noites no camarote da Crystal, no rodeio de Itu – SP, cidade em que ficamos hospedados no Gandini Hotel.

Orelhão gigante de Itu

Orelhão de Itu

Saber Beber

A Crystal aproveitou o rodeio de Itu para fazer o pré-lançamento da campanha Saber Beber, veiculada em cadeia nacional desde sexta-feira (15).

A ação busca orientar o consumidor sobre a importância de beber água antes, durante e depois de consumir cervejas, ou qualquer bebida alcoólica.

E, claro, sobre a importância do consumo consciente.

Abaixo você assiste ao vídeo institucional da campanha.

Biergarten itinerante

Cerveja oficial do evento, a Crystal apresentou no rodeio de Itu o seu Biergarten itinerante.

O espaço conta com um jardim repleto de mesas e bancos coletivos em frente a uma carreta de 15 metros, equipada com chopeiras.

Tem também tvs de LED, carregadores de celular e pipoqueira.

Em cima da carreta tem o rooftop, com mesas equipadas com guarda-sol e cadeiras.

O Biergarten itinerante da Crystal, como o nome sugere, vai rodar eventos patrocinados pela cervejaria em todo o país.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fábrica de Boituva

A principal atividade do Beer tour foi conhecer o processo fabril da cervejaria.

A fábrica do Grupo Petrópolis em Boituva fica em um terreno de 532 mil metros quadrados.

A área construída é de aproximadamente 90 mil metros quadrados.

468 x 60 IMU Full Banner

Lá são produzidos 2 milhões de litros de cerveja por dia.

Dependendo da demanda, a produção chega quase a dobrar.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Haja malte

A fábrica abriga seis silos para armazenar malte.

Cada um deles comporta 300 toneladas.

Para produzir os 2 milhões de litros de cerveja vai um silo de malte por dia, além de 6 milhões de litros de água.

Para o processo de fermentação, maturação e adega de pressão a fábrica é equipada com mais de 60 tanques.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Maior do mundo

Maior cervejaria do país com capital 100% nacional, o Grupo Petrópolis tem na fábrica de Boituva a maior produção de long neck do mundo.

São 78 mil garrafas descartáveis por hora.

A fábrica conta ainda com duas linhas de produção de latas.

Uma tem capacidade para produzir 60 mil unidades por hora. A outra, 120 mil por hora.

Tem também duas outras linhas de produção de garrafa, além da long neck.

Uma produz 50 mil unidades por hora. Outra, 62 mil por hora.

 

via GIPHY

Visita ‘lupulada’ 

A visita à fábrica trouxe a oportunidade de conhecer todo o processo de fabricação da cerveja Crystal, incluindo os insumos

O tour foi guiado por Reginaldo Farias, da comunicação do grupo, e contou com a presença do mestre-cervejeiro Randal Juliano Filho.

Não foi permitido fazer filmagens, apenas fotos e gifs, e no meio do caminho paramos para provar a cerveja maturada.

Ainda sem passar pelo processo de filtragem e de diluição com água, a cerveja maturada tem 8,6% de álcool, 4% a mais que a que chega ao mercado.

O produto, mais intenso e encorpado, não é comercializado assim por ter prazo de validade curto.

 

via GIPHY

Cerveja fresca

A visita à fábrica de Boituva terminou no Bar Petrópolis.

Lá tem uma chopeira com dutos interligados diretamente ao local de onde sai a cerveja fresquinha, antes de ser enlatada, ou engarrafada.

No Bar Petrópolis também é possível conhecer todo o portfólio do grupo, incluindo as bebidas produzidas nas fábricas do Rio de Janeiro.

São elas: Itaipava, Lokal, Black Princess, Weltenburger Kloster, Petra e Crystal, além de vodkas e bebidas não alcoólicas, como o energético TNT.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.