América Latina: Cinco destinos para cinco perfis de viajantes


Pra você que tem planos de explorar o continente sul-americano, Hi-Mundim traz uma lista com cinco cidades da América Latina para cinco perfis de viajantes.

Os destinos selecionados são relativamente próximos e com voos diretos pra que você possa curti-los num final de semana prolongado, por exemplo.

Quer aconchego?

Buenos-Aires

Buenos Aires, na Argentina é o lugar. A mais europeia das capitais sul-americanas tem o apelo romântico do tango, a riqueza da gastronomia, cafés aconchegantes e cultura, muita cultura.

É fácil circular pelos principais bairros, o que ajuda os turistas que chegam para passar até mesmo um final de semana.

A feira livre de San Telmo, aos domingos, é uma ótima pedida. Famosa pela venda de antiguidades e curiosidades, fica na Plaza Dorrego. Além de souvenires como pinturas, retratos e artesanato, respira-se intensamente a cultura portenha.

A Recoleta é um dos bairros mais bonitos de Buenos Aires e na Avenida Alvear destacam-se palácios históricos ao estilo francês. Na Plaza Francia está o Centro Cultural Recoleta. Aos finais de semana, o local abriga uma feira de artesanato.

Para os apaixonados por gastronomia, ao cair da noite é possível reservar bons restaurantes à beira do rio da Plata, no moderno bairro De Puerto Madero. A tranquilidade e a iluminação à margem proporcionam um clima de aconchego.

Quer aventura?

Púcon

Vai pra Púcon, no Chile. Conhecida por suas estações de águas termais, a cidade fica em frente ao lago e ao vulcão Villarica. A região de Huife é a mais requisitada por turistas. Tem piscinas quentes, fria, sauna e banheiras.

Tá! Mas você agora deve estar cornetando: “Isso é aventura?” Não, de fato! Mas pode ajudar seu corpo a se recuperar delas.

A cidade conta com centro de esqui e de esportes radicais. Um dos passeios indispensáveis é a subida ao topo do vulcão Villarica. Dura em média 6 horas e tem preço médio de R$ 250.

Também tem caminhadas pelo Parque Nacional de Villarica. Ótima pedida é explorar as cavernas do vulcão. Outra atividade que também garante adrenalina na garganta e o rafting nas corredeiras do Rio Trancura.

Quer tranquilidade?

La-Serena

Siga para o norte do Chile. Mais exatamente na cidade de La Serena. Com clima desértico, é possível desfrutar de belas praias de águas mornas.

A Avenida Del Mar, que disponibiliza o acesso às praias, é perfeita para caminhadas e para curtir a natureza. A cidade ainda conta com uma enorme riqueza cultural, como o Museu de Esculturas ao ar livre, e a antiga igreja de San Francisco.

O mercado de Recova é o mais popular para ir as compras – inclui uma feira de artesanato e de venda de especiarias locais.

Quer contemplar?

Puerto-Mont

Vá para Puerto Montt, também no Chile. E não esqueça de levar a câmera e de ter onde descarregar as imagens. Pois certamente o cartão de memória do seu equipamento não será suficiente pra tantos belos registros.

Em meio a parques nacionais, lagos alimentados por geleiras e vulcões com seus picos nevados, Puerto Montt também é reduto de praticantes de esportes extremos, ótimos para testar as habilidades fotográficas do contemplador.

O lago Llanquihue e o vulcão Cabulco são os mais visitados. A região dispõe de quilômetros de trilhas para caminhadas e para passeios de bicicleta por paisagens que prometem deixar o passeio cheio de agradáveis paradas.

Quer cultura?

Montevideu

Vá para Montevidéu, no Uruguai. Caminhar pelo centro e pelo bairro Cidade Velha é um dos passeios preferidos dos turistas. A área abrira os mais importantes edifícios da capital uruguaia, como o Palácio Salvo (cartão-postal da cidade), na Avenida Reconquista, e o Teatro Solis, com sua variada agenda de espetáculos de música, teatro e dança.

Os bairros da cidade mesclam o passado histórico ao charme de pequenas ruas. O primeiro bairro de verão de Montevidéu foi o Padro, uma agradável zona da cidade, mais distante do burburinho do centro e totalmente arborizada, com muitos casarões do século 19.

O Parque do Padro é uma das melhores paisagens da cidade. O Jardim Botânico, na Rua 19 de Abril, possui uma variedade de árvores de todo o mundo e também é demais.

A Feira de Tristán Narvaja, aos domingos, toma diversos quarteirões das ruas de Montevidéu e é um dos principais programas dos moradores da cidade no fim de semana. Tem de tudo, desde frutas, verduras, souvenires e antiguidades.