Rumo ao topo de Wayna Picchu

Após 2.693 metros de subida chegamos ao topo de Wayna Picchu, montanha que fica dentro do sítio arqueológico de Machu Picchu, no Peru.

Por dia, a montanha recebe 400 visitantes. Nunca passa disso. A intenção é aliar exploração turística e preservação do lugar.

Para a escalada é preciso ter algum preparo para aguentar a subida e os trechos mais íngremes sem exaustão.

Percurso

O percurso dura em média 2 horas e apesar de cansativo, leva a um lugar que faz o esforço valer a pena.

O visual é de tirar o fôlego.

Lá do alto de Wayna Picchu, as ruínas de Machu Picchu parecem caber na palma da mão.

Dicas

A melhor época para visitar Machu Picchu e escalar Wayna Picchu é entre maio e setembro, durante as estações mais frias e secas.

No sítio arqueológico não há o que comer e o restaurante mais próximo e único das redondezas, do lado de fora do parque, cobra preços exorbitantes.

Então a dica é levar alguma coisa para comer e para beber. Sem esquecer de não deixar lixo para trás.